Herman Hollerith

Herman Hollerith (Buffalo, 29 de fevereiro de 1860 — Washington, D.C., 17 de novembro de 1929) foi um empresário norte-americano e o principal impulsionador do leitor de cartões perfurados, instrumento essencial para a entrada de informação para os computadores da época.[2] Foi também um dos fundadores da IBM, precursor do processamento de dados.[3]

Cartão perfurado

Certamente utilizando o princípio descoberto por Jacquard para comando automático de teares, Hermann Hollerith – funcionário do United States Census Bureau – inventou, em 1880, uma máquina para realizar as operações de recenseamento da população. A máquina fazia a leitura de cartões de papel perfurados em código BCD (Binary Coded Decimal) e efectuava contagens da informação referente à perfuração respectiva. O sistema foi patenteado em 8 de junho de 1887.

A informação perfurada no cartão era lida numa tabuladora que dispunha de uma estação de leitura equipada com uma espécie de pente metálico em que cada dente estava conectado a um circuito eléctrico.[4]

Cada cartão era colocado sobre uma taça que continha mercúrio e que estava conectada também ao mesmo circuito eléctrico do pente. Quando o pente era colocado sobre o cartão os dentes que atravessavam as perfurações fechavam o circuito eléctrico que accionava os contadores respectivos. O contador visualizava o resultado da acumulação pelo deslocamento de um ponteiro sobre um mostrador.

Invenções e negócios

Hollerith construía máquinas sob encomenda para o United States Census Bureau, que ajudaram a processar o censo de 1890 em seis anos. O censo de 1880 demorou oito anos. Começou seu próprio negócio em 1896, quando fundou a Tabulating Machine Company. Os maiores centros de censo do mundo alugavam seus equipamentos e compravam seus cartões, assim como as companhias de seguros. Para fazer seu sistema funcionar, inventou o primeiro mecanismo de cartões perfurados, permitindo um operador treinado processar 200 a 300 cartões por hora e um tabulador.[5] O tabulador 1890 era especificamente criado para operar apenas cartões do censo de 1890. Um painel de fios em seu tabulador 1906 Type I permitiu-lhe executar diferentes trabalhos sem a necessidade de ser reconstruído, considerados os primeiros passos em direção à programação. Essas invenções foram uma das fundações da moderna indústria de processamento de informações.[6]

Sepultura no Cemitério Oak Hill

Em 1911, quatro corporações, incluindo a firma de Hollerith, se fundiram para formar a Computing Tabulating Recording Corporation. Sob a presidência de Thomas J. Watson, ela foi renomeada para IBM.

+ Biografias

Tim Berners-Lee
Douglas Engelbart
Herman Hollerith
Gottfried Wilhelm Leibniz
Blaise Pascal
Ray Tomlinson
Steve Jobs
Alan Turing
Charles Babbage