Coleção: Descobrir a História

Edição 1:
Edição 2:
Edição 3:
Edição 4:
Edição 5:
Edição 6:
Edição 7:
Edição 8:
Edição 9:
Edição 10:
Edição 11:
Edição 12:
Edição 13:
Edição 14: Os impérios da Ásia Central  – De Átila a Tamerlão: o poder dos povos das estepes
A história dos impérios surgidos nas estepes da Ásia Central esteve tradicionalmente envolvida em lendas e alguma obscuridade. De personagens como Átila, Gengis Khan, Kublai Khan ou Tamerlão chegaram-nos notícias narradas, sobretudo, pelos seus adversários, o que distorceu a nossa visão em relação aos dez séculos em que aqueles povos nómadas dominaram de forma épica vastos territórios, conseguindo ligar a China à Europa.

Estas civilazações foram fundamentais na história da Eurásia: desenvolveram um comércio sem igual – impulsionado pelo apogeu da Rota da Seda – acompanhado de um intercâmbio de ideias e de saber, que foi essencial para a configuração futura de dois mundos que não se conheciam.

 

 

 

 

CURIOSIDADES

Áreas: História
Sumérios

Os sumérios foram um dos primeiros povos a habitar a Mesopotâmia e ficaram conhecidos pelo desenvolvimento da primeira forma de escrita da humanidade. Os sumérios ficaram conhecidos como um dos primeiros povos que se estabeleceram na Mesopotâmia e por desenvolverem as primeiras cidades dessa região.

Suméria (em sumério: 𒋗𒈨𒊒; romaniz.: ki-en-ĝir15; em hebraico: שִׁנְעָר‎; romaniz.: Šinʿar, a bíblica Sinar; em egípcio: Sngr; em hitita: Šanhar(a); em acádio: Šumeru , lit. “terra de reis civilizados” ou “terra nativa”[nota 1]) é a mais antiga civilização conhecida da região do sul da Mesopotâmia (atual sul do Iraque), na região dos rios Tigre e Eufrates, durante as idades do Calcolítico e do Idade do Bronze (ca. de 3 300 a 1 200 a.C.), e uma das primeiras civilizações do mundo, junto com o Egito Antigo e o Vale do Indo.